CONECTE-SE
TWITTER
Image Not Found On Media Library
indio
INSTAGRAM
  • Mais uma agenda foi cumprida, dessa vez em Bangu, com o candidato a deputado estadual @jorgefelippe55800. Me surpreendi com tanta gente feliz e otimista nas ruas, apesar dos problemas e dificuldades que o Rio enfrenta. Essa gente merece ser feliz; merece saúde,  educação e oportunidades. E pra ter tudo isso a segurança tem que ser a prioridade do próximo governador. Eu tô pronto para esse desafio! 
#Indio5️⃣5️⃣ #AcabouOCao #VoteComSeguranca #Segurancapublica #Seguranca #Bangu #riodejaneiro #rio #Errejota
  • Contagem regressiva! 
#Indio5️⃣5️⃣ #VoteComSeguranca #AcabouOCao #indiodacosta #segurancapublica #Seguranca #Eleicoes2018
  • O meu lugar
É sorriso é paz e prazer
O seu nome é doce dizer
Madureiraaaa, lá lá Laiá, Madureiraaaa, lá lá Laiá 🎶🎶🎶🎶🎶🎶🎶🎶 #Indio5️⃣5️⃣ #AcabouOCao #VoteComSeguranca #Segurancapublica #Seguranca #Eleicoes2018 #Madureira
  • E o segundo dia de campanha começou em Madureira. Sigo com a certeza de que a segurança pública deve ser prioridade absoluta. Somente com segurança conseguiremos retomar o crescimento do nosso estado! 
#Indio5️⃣5️⃣ #VoteComSeguranca #AcabouOCao #Madureira #Eleicoes2018 #Seguranca #Segurancapublica
  • Obrigado por participarem do debate de ontem. Com a ajuda de vocês, eu vou vencer essa eleição. Vou devolver o governo que nos roubaram! 👊💪 #Indio5️⃣5️⃣ #VoteComSeguranca #AcabouOCao
  • Já tô na área para o #DebateBandRio 👊💪
Participe no Twitter com a #DebateBandRio #Indio55
  • Assim é minha vida em casa. Vivemos com muito amor e respeito. Sonho que um dia todas as crianças do Brasil vivam com tanto afeto e carinho quanto as minhas filhas. 
Até mais tarde, no debate da BAND, às 22h! ⚠️👊💪 #Indio55 #VoteComSeguranca #AcabouOCao #Amor #Familia #AmoMuito #PaiDeMenina #minhapequenaeva
  • Instagram Image
  • Instagram Image
  • Instagram Image
  • Nossa prioridade absoluta será investir na segurança pública. Somente com segurança as demais políticas públicas podem funcionar de maneira eficaz! 
#Indio55 #VoteComSeguranca #AcabouOCao #Queimados #Eleicoes2018 #Segurancapublica #Seguranca #Rio #Riodejaneiro #BaixadaFluminense
  • A primeira agenda de campanha foi em Queimados. Meu vice @zaqueuteixeiraoficial conhece a região como ninguém! A cidade é a mais violenta do país. Conversei com muita gente e garanti que a nossa prioridade absoluta é investir na segurança pública através de inteligência e investigação. É a investigação que vai evitar as mortes que estamos vendo em todo o estado do RJ. Muita gente sofrendo. O governante que não sente a dor da população não merece  governar. 
#Indio55 #VoteComSeguranca #AcabouOCao #Queimados #Segurancapublica #Seguranca #Policia #Policiais #Violencia #Riodejaneiro #Rj

"Para mudar, devolver o estado ao cidadão, é preciso legitimidade e autoridade moral."

Sou Antonio Pedro Indio da Costa, casado, pai de duas meninas maravilhosas, Sofia e Eva. Estou com 47 anos. Em outubro, farei 48. Meu pai é arquiteto, minha mãe, designer e meus irmãos seguiram o mesmo caminho. Eu sou advogado e atuo na advocacia, vez por outra, mas minha vocação é a política. Muitas vezes me perguntam se fiz a escolha certa. Fiz sim. Gosto do que faço. A política abre mil oportunidades para se prestar serviços à sociedade e eu adoro isso.

Fui eleito vereador do Rio três vezes e estou no segundo mandato, não consecutivo, de Deputado Federal. O primeiro conquistei em 2006. Em 2010, eu estava me preparando para a reeleição, numa campanha que certamente não seria difícil, quando recebi o convite do meu partido, PFL, e do Senador José Serra, para ser candidato a vice-presidente na chapa dele. Foi a minha chance de participar diretamente de uma campanha para vencer o PT e a candidata dele, Dilma Rousseff. Perdemos a eleição no segundo turno.

No Rio de Janeiro, fui Administrador do Parque do Flamengo. Também de Copacabana onde, com a ajuda dos moradores, dos comerciantes, da Guarda Municipal e da Polícia, consegui algo que parecia, naquele momento, impossível: Colocar ordem no bairro. A situação local era de calamidade, numa situação limite entre o caos e a chance de reversão. O medo estava presente na vida das pessoas.

Vi o efeito da desordem no crescimento do crime. Bandidos passavam-se por camelôs para vender drogas, contrabandos e explorar a prostituição infantil. Se em Copacabana compreendi a diferença entre ambulantes de verdade e bandidos que se passam por eles, na Câmara dos Deputados, no meu primeiro mandato - estou no segundo - enfrentei bandidos que usam o mandato parlamentar para escapar da Justiça.

Apresentei um projeto de lei para tornar inelegíveis os candidatos condenados por qualquer espécie de crime. O projeto não avançou, mas em seguida, o Congresso Nacional, recebeu um semelhante por iniciativa popular.

Tive a oportunidade de ser relator do projeto, que se transformou na Lei da Ficha Limpa. Para aprovar o projeto viajei aos grandes centros do Brasil, fui entrevistado por canais de TV e rádio, além de jornais.

Conseguimos uma vitória. A Lei da Ficha Limpa expulsa da política os candidatos que tenham condenação criminal em segunda instância.

Outra experiência importante para minha formação na política foi a Secretaria de Administração da Prefeitura do Rio. César Maia era o Prefeito. Mostrei que é possível ter uma estrutura enxuta e eficiente, quando o interesse público é a única pauta e vencer eleição desse modo.

Em 2016, fui candidato a Prefeito do Rio. Houve forte resistência do Prefeito Eduardo Paes à minha candidatura, porque ele desejava permanecer no comando da Prefeitura representado pelo candidato dele, Deputado Federal Pedro Paulo. O objetivo dos dois e dos líderes principais do partido deles, Sérgio Cabral e Picciani, era manter o modelo de administração aplicado ao governo do estado. Não conseguiram. Marcelo Crivella e Marcelo Freixo disputaram o segundo turno. Embora, nenhum dos dois representasse o projeto que defendi na campanha, eu precisava me decidir por um deles. Eu não poderia, simplesmente, virar as costas para a eleição, muito mais sabendo o risco para o Rio de Janeiro de Marcelo Freixo vencer.

A insegurança na cidade está num ponto crítico. A maneira como Marcelo Freixo e o PSOL pensam a segurança pública agravaria o problema. Eles são pelo relaxamento na pressão sobre os bandidos.

Optei pelo apoio ao Marcelo Crivella. Ele venceu a eleição e me convocou para ajudá-lo a reorganizar a Prefeitura, com base na minha experiência como Secretário de Administração e pela minha proximidade com a área de Urbanismo. Aceitei a convocação e assumi, em janeiro de 2018, a Secretaria de Urbanismo, Infraestrutura e Habitação. Encontrei uma situação de quase calamidade pública nas contas e nas obras da prefeitura, heranças do governo Paes.

A falta de compromisso do governo Paes com os cuidados que se deve ter com o dinheiro do contribuinte estava estampado nas propinas recebidas pela equipe do governo na secretaria de Obras. As propinas derrubaram a qualidade das obras, deixaram muitas delas inacabadas, que criaram transtornos na vida das pessoas, principalmente, das mais pobres.

Evidenciou-se a decisão do governo Paes de fazer obras com sobrepreço e com o objetivo quase exclusivo de eleger o sucessor.

Perfil | Indio da Costa